Sua Segurança, Nosso Estilo

 Maternidade X Puerpério: Entenda a importância da saúde mental após  a gestação.

Ser mãe é, sem dúvidas, uma das maiores felicidades na vida de uma mulher. A maternidade traz consigo o autoconhecimento, a responsabilidade e o amor incondicional. O momento da chegada do bebê e os primeiros dias junto ao filho são muito aguardados pela família, principalmente pela mãe. Contudo, ainda existem problemas pouco discutidos em sociedade e que transformam esse momento tão especial em um grande inconveniente, sendo extremamente prejudicial à mãe e ao bebê.

O Que é Puerpério?

É definido como o período onde o corpo da mulher está trabalhando para voltar ao que era antes da gestação. Sabemos que após o parto, o corpo da mulher ainda passa por diversas alterações físicas e emocionais, e é nessa fase do puerpério que surgem os sintomas como: barriga inchada, flacidez, sangramento vaginal, cólicas, entre outros. O puerpério pode ser:

  • Imediato – tem seu início logo após o nascimento do bebê e dura cerca de 10 dias. 
  • Tardio – inicia a partir do 11º dia e dura até o 42º dia após o parto.
  • Remoto – vai ocorrer a partir do 43º dia e sua duração total é incerta.

Além disso, temos destaque para o puerpério emocional. Ele é o termo usado para esclarecer e informar sobre a saúde mental e as necessidades emocionais da mulher que está passando por esse período. Entre seus sintomas estão a insônia, ansiedade, cansaço físico e mental, oscilações de humor, ou até mesmo o medo das novas responsabilidades originadas pela gestação. Ainda por cima, é durante essa fase que as mulheres podem apresentar os sintomas de Baby Blues, que é definido como o estado de tristeza, melancolia ou sensibilidade emocional após o parto, com um curto período de duração. 

Depressão Pós-Parto

A depressão pós-parto é uma doença caracterizada por uma tristeza profunda que acomete 1 a cada 4 mulheres. Semelhante ao baby blues, seus sintomas podem variar entre a ansiedade, cansaço extremo, sensação de culpa ou fracasso, desinteresse pelo bebê ou uma ansiedade exagerada pelo seu estado de saúde. Contudo, a sua principal diferença está no período de duração: é longo e variado para cada mulher. Por isso, é de extrema importância a busca imediata de acompanhamento profissional para tratamento da doença. Não existe uma causa definitiva para a depressão pós-parto, porém pode ser relacionada a fatores físicos, hormonais ou até mesmo ao estilo de vida, por exemplo o vício em álcool ou a privação de sono.

Mas por que devemos trazer à tona essas doenças?

Por ser um assunto pouco discutido, muitas mulheres não compreendem a importância da sua saúde mental e a forma que isso implica com a criação de laços maternos após a gestação, comprometendo o vínculo que pode não ocorrer. A responsabilidade de cuidar de uma nova vida pode parecer assustadora em um primeiro momento, mas lembre-se: você não precisa passar por isso sozinha!

É essencial que as mulheres comecem a se preparar para a fase do puerpério desde o momento da gestação, criando com antecedência uma rede de apoio com amigos, familiares e até mesmo grupos de apoio e terapias com outras mães que já passaram ou não por essa experiência. Uma rotina bem equilibrada e a prática de atividades físicas também são excelentes aliadas na prevenção do puerpério, porém é claro sempre seguindo as recomendações do profissional responsável e respeitando as limitações do seu corpo nessa fase!

É válido destacar que a depressão pós-parto pode ocorrer também em homens, e geralmente acontece com o acúmulo de fatores de risco já existentes ou não, como a privação do sono, histórico anterior de depressão ou problemas financeiros.  Pesquisas internacionais apontam que cerca de 10% dos pais são afetados, porém a recorrente falta de informações e conteúdo comunicativo impossibilita o diagnóstico.

Portanto, agora que sabemos e compreendemos um pouco mais a importância  da saúde psicológica da mulher na gravidez, é necessário estar atento a quaisquer sinais de que ela não esteja bem. Com a ajuda de especialistas e o auxílio das pessoas queridas na vida dos novos pais, aos poucos essa sensação de angústia chegará ao fim e a rotina com o bebê ficará cada vez mais tranquila, lembre-se de aproveitar cada momento.

Compartilhe esse Post:

Posts Relacionados

ATENÇÃO

Informamos que teremos uma manutenção programada em nossos sistema, à partir das 18:00hrs de hoje 20/06, poderá ficar indisponível o acesso.

Qualquer dúvida ou necessidade pode entrar em contato conosco através do nosso canal de atendimento oficial do Whatsapp clicando no botão abaixo.

Agradecemos a compreensão